terça-feira, 9 de março de 2010

...

O tão esperado momento aconteceu, nao exatamente como eu esperava - pra falar a verdade muito diferente.
Nao agi do modo cujo considero o mais correto, ja me julguei muitissimo e lamentei tambem por isso.
E o que me doi mais, é saber que mesmo sem saber a razao de tanto sofrimento e choro, ele esteve la, com os braços abertos para me apoiar, sem saber que de certo modo ELE era a razao, sem culpa, mas era a razao.
Nao digo que me arrependo, mas se tivesse outra chance, se pudesse voltar atras, teria feito diferente.
Mas é assim mesmo, faz parte desse logo aprendizado chamado viver.
E mais, a vida continua, e é isso que devo fazer, da continuidade a minha. Tenho que ir novamente em busca da minha felicidade.

Bjus