domingo, 16 de agosto de 2009

COM "MUSO" INSPIRADOR




Quando estavam as esperanças de vez perdendo-as

Vi uma estrela brilhar,

Com tanta intensidade ela brilhava...

.

Foi tanta minha alegria

Que vieram meus olhos iguais a elas ficar

E emoções de criança

Em mim vieram brotar

Talvez essa alegria

Esses sentimentos infantis

E força estrelar que em mim havia

Pode ter ido a atenção chamar


Também pode ser que não

Quem sabe?

Quem coragem teria de ir lá perguntar?

Não é melhor o mistério no ar deixar...


Mas foi esse o momento

O de a certeza chegar

Ficar tudo preto no branco

Tudo claro no escuro

Eu não queria me enganar

Mas uma vez me machucar


Já li em algum lugar

Que a dor faz parte da vida,

Pode ate fazer...

Mas é ruim, maltrata!

Porem,

Quando tudo ficou claro

Resolvi aceitar.